2.7.09

Afinal, gostamos ou não de drama?

Assistir filmes com relações difíceis, gostarmos de pessoas distantes, vivermos amores impossíveis?! Quando comecei a namorar com esse carinha, ninguém acreditava, todos diziam que tinha sido rápido demais (Tudo bem que ele me pediu 4 vezes em namoro, para que eu só aceitasse na 5ª). Mas com três semanas que havíamos nos conhecido, estávamos namorando.
Rápido demais, demasiadamente fácil?! Honestamente, não sei!
Namorei um cara complicado que só depois que acabou descobri o quanto fui tola (após 2 anos e 3 meses). Apaixonei-me por um americano que tem medo de vir ao Brasil, pois talvez a gente não dê certo. E após alguns “namoros” que duraram 1 mês (ou menos), o que é que custa tentar ser feliz sem ter muito trabalho?!
Conheço pessoas que possuem “aquela” história de amor. Mas não acho que mereço tudo isso. Meus pais (minha base de que fidelidade existe, mesmo com mais de 27 anos de casados) são felizes e estão juntos a muito tempo, mamãe é o apoio de papai e ele segura muita barra ao lado dela. Não conheço muitos momentos românticos que os dois viveram. Ela é um poço de sentimentos e ele não é nada criativo, mas se amam e qualquer pessoa pode ver isso. Outros casais pedem conselhos a eles.
Será que é mesmo necessário kilometros de distância? Ou proibição dos pais? Ou uma grande diferença financeira? Ou impossibilidades por causa de doença ou morte, sei lá?
Eu, sinceramente, não faço questão de viver no cenário de Um amor pra recordar, Diário de uma paixão ou qualquer outro filme desses mamão com açúcar. Eu... Eu quero sentir segurança num relacionamento e dançar abraçadinha recebendo beijos no pescoço e elogios sobre o meu sorriso e os meus olhos. Posso não ser o tipo de garota que um homem atravessaria o inferno por minha causa (cito A Divina Comédia), mas sou do tipo que merece ser feliz...
Afinal, escolhi ser assim.

2 Fale para o Chef:

Amando Ramos disse...

Quem gosta de sofrer, é masoquista!

Amores difíceis tem um tempêro diferente, o que não quer dizer que seja melhor do que uma relação estável e bem sossegada!

Movimente esse blog, madam!

=**

Meu lado Bridget Jones disse...

Oii.
Sou integrante do ex-banheiro feminino, estou voltando ao mundo de blog mais agora escrevendo sozinha, ja que nosso banheiro ficou parado por motivos maiores, mais vou continuar com tds os tipos de assuntos...
Estou seguindo vc e aguardo sua visitinha.
Beijinhos,Su.

Postar um comentário

- Leia o post antes de comentar!
- Um bom comentário recebe resposta!

Dê a sua opinião!